Tremor na China mata 1 pessoa e afeta milhares de casas

PEQUIM (Reuters) - Um terremoto que destruiu vilarejos na província chinesa de Sichuan, neste domingo, matou uma pessoa, deixou quinze feridos e abalou a estrutura de centenas de casas, reportou a agência de notícias do país Xinhua. Mais de 100 casas desabaram com o tremor, que teve como epicentro algum ponto entre Chongqing e Chengdu.

Reuters |

O centro de pesquisas geológicas dos Estados Unidos registrou o terremoto com magnitude de 5,2 graus.

O tremor foi sentido em três vilas da cidade de Moxi, próxima da cidade de Suining, a leste de Sichuan, de acordo com a administração de terremotos da província.

A cidade de Tongnan County, vizinha a Suining, informou que 4.700 casas foram afetadas, com um prejuízo estimado em pelo menos 30 milhões de iuans (cerca de 4,5 milhões de dólares), segundo divulgou a Xinhua.

As autoridades civis de Chongqing mandaram 40 barracas e 1.500 colchões para a área atingida, de acordo com agência de notícias.

A região leste de Suining, cidade de 3,8 milhões de habitantes, não é propensa a sofrer terremotos e registrou apenas três pequenos tremores de 2,0 graus nos últimos 20 anos, informou a Xinhua, citando autoridades.

A área fica a cerca de 150 km a leste de Chengdu, capital da província de Sichuan, e a mais de 200 km da região que sofreu com um terremoto de 8,0 graus em 12 de maio de 2008, o qual deixou 87 mil vítimas entre mortos e feridos.

(Reportagem de Ken Wills)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG