Tremor de magnitude 7,1 na costa de Honduras mata 1 pessoa

Por Gustavo Palencia TEGUCIGALPA (Reuters) - Um forte terremoto de magnitude 7,1 atingiu Honduras na madrugada desta quinta-feira, matando um adolescente e provocando um alerta sobre a possibilidade de tsunami na América Central e costa do Caribe.

Reuters |

O terremoto atingiu a costa nordeste de Honduras próximo à ilha de Roatán, um resort de mergulho, e destruiu construções no norte do empobrecendo país com de cerca de 7 milhões de habitantes.

Os serviços de emergência informaram que um jovem de 15 anos morreu na cidade de La Lima, cerca de 160 quilômetros a norte da capital Tegucigalpa, quando o teto de sua casa desmoronou.

Honduras tem poucos prédios altos, mas em muitos lugares houve casas destruídas e igrejas danificadas.

O terremoto foi registrado às 2h24 (5h24 de Brasília), quando a maioria das pessoas estava dormindo.

O guarda Pedro Ramirez, de 52 anos, estava em seu caminhão do lado de fora de um prédio em Tegucigalpa quando o tremor o atingiu.

"Eu senti o carro balançando e comecei a ouvir barulho de escombros do prédio ao lado", disse ele. "Foi assustador porque estava tremendo muito. Eu nunca senti qualquer coisa do tipo."

O terremoto foi 64 quilômetros a nordeste de Roatán, a maior das três ilhas do país reconhecidas pelo mergulho e a presença de golfinhos. O tremor teve uma profundidade de 10 quilômetros.

Em Roatán, equipes de resgate disseram que o terremoto provocou o corte da energia e causou pequenos danos aos edifícios. As pessoas deixaram suas casas e foram recomendadas que ficassem longe da costa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG