ROMA (Reuters) - Um forte tremor atingiu nesta segunda-feira a região de Abruzzo, no centro da Itália, que sediará o encontro de líderes do G8 no próximo mês, cerca de três meses depois de um terremoto devastador ter matado quase 300 pessoas. O tremor de magnitude 4,4 atingiu prédios e causou correria entre sobreviventes que vivem em vilarejos de tendas construídos para abrigar milhares de pessoas desalojadas pelo terremoto de 6 de abril, informou a imprensa local.

Não havia relatos imediatos sobre feridos ou grandes estragos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.