Trem que vai a Machu Picchu é consertado e cidade é reaberta

Lima, 29 mar (EFE).- A linha do trem que vai até a cidade inca de Machu Picchu, no sudeste do Peru, ficou pronta hoje e o centro arqueológico deve ser reaberto nesta quinta-feira.

EFE |

O ministro peruano de Transportes e Comunicações, Enrique Cornejo, participou hoje da inauguração das obras de reabilitação da ferrovia que vai da estação de Piscacucho até a de Águas Quentes, a alguns metros da cidade.

São 28 quilômetros de extensão, que assim como outros pedaços da ferrovia, ficaram encobertos pelos deslizamentos causados pelas enchentes que atingiram a região em janeiro. Este é o primeiro trecho a ser reabilitado e os trabalhos continuarão no resto da via que vai até a cidade de Cuzco.

As autoridades peruanas fecharam o centro arqueológico em meados de janeiro por causa das inundações e dos deslizamentos nas imediações de Machu Picchu, que provocaram a morte de um turista argentino e um guia, e retiraram por helicóptero os outros quatro mil turistas que tinham ficado ilhados ali.

Cornejo confirmou que os turistas poderão chegar ao destino por trem a partir de quinta-feira, dia em que o escritório de promoção turística Promperú organizou uma visita especial com jornalistas para divulgar a reabertura da cidade.

O gerente geral da empresa Ferrovia Transandino, Rómulo Guidino, explicou que a reabertura do trem permitirá o deslocamento de 1,5 mil turistas por dia, mas que o número subirá gradualmente com a reparação total da via.

Os turistas devem viajar de Cuzco para o distrito de Ollantaytambo de ônibus e depois ide carro por uma atalho direto até a estação de Piscacucho, onde poderão pegar o trem.

Por outro lado, o ministro Cornejo inspecionou também a reconstrução da ponte Calicanto, no distrito de Ollantaytambo, que caiu devido às inundações e deixou as comunidades próximas a Machu Picchu isoladas.

As intensas chuvas em Cuzco deixaram cerca de 20 mortos nas diversas províncias afetadas pelas cheias dos rios e deslizamentos de lodo, o que provocou levou o governo a declarar emergência na região e o fechamento temporário de Machu Picchu. EFE mmr/pb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG