Trem que levava gás descarrila e mata 13 na Itália

Por Antonella Cinelli VIAREGGIO, Itália (Reuters) - Pelo menos 13 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas durante a madrugada na Itália, quando um trem que transportava gás liquefeito de petróleo (GLP) descarrilou e explodiu atingindo casas, informaram autoridades na terça-feira.

Reuters |

Cerca de mil pessoas foram retiradas da área após a explosão, ocorrida um pouco antes da meia-noite de segunda-feira na cidade costeira de Viareggio, na Toscana, a cerca de 350 km ao norte de Roma.

Mais de 30 pessoas ficaram gravemente feridas, muitas delas em condição crítica com graves queimaduras. Três crianças estão entre os mortos.

Autoridades haviam informado sobre a morte de 16 pessoas mas depois reduziram o número para 13, citando confusão no local do acidente e sobreposição de hospitais locais que levaram a algumas vítimas a serem contadas duas vezes.

"Estávamos indo dormir quando minha filha sentiu um cheiro de gás a ouvimos as explosões", disse Roberta Marcelli. "Olhamos pelo terraço e vimos janelas explodindo, tudo estava explodindo".

O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, disse em coletiva de imprensa que quatro pessoas seguem desaparecidas nos destroços de um prédio destruído pela explosão, acrescentando que o número de mortos pode aumentar.

Esse é o pior acidente de trem na Itália desde que 17 pessoas morreram em janeiro de 2005, quando um trem de passageiros colidiu com um trem de carga próximo à cidade de Bolonha, no norte do país.

A GATX Rail Europe, unidade da norte-americana GATX Corp, que é dona do trem que descarrilou, disse à Reuters não saber as causas da explosão e que está colhendo informações das notícias divulgadas pela imprensa.

O diretor financeiro da empresa, Werner Mitteregger, disse que os tanques que estavam sendo transportados nas ferrovias italianas eram novos.

A companhia ferroviária estatal disse que o acidente ocorreu quando um vagão descarrilou, puxando outros quatro com ele. O GLP escapou de um tanque em um dos vagões e se incendiou.

(Reportagem adicional de Gavin Jones e Phil Stewart)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG