Ao menos 31 morreram e 100 ficaram feridos em acidente no norte do país com trem que viajava de Howrah para Nova Délhi

Ao menos 31 pessoas morreram e cerca de 100 ficaram feridas neste domingo com o descarrilamento de um trem no norte da Índia. Segundo a autoridade ferroviária do Estado de Uttar Pradesh, onde ocorreu o acidente, muitos passageiros ainda estão presos nos destroços dos vagões e o número de vítimas pode aumentar.

"Estávamos sentados quando, de repente, tudo virou", contou um passageiro entrevistado pelo canal CNN-IBN. "Quando o trem parou, quebramos os vidros e pulamos para os trilhos", acrescentou.

Acidente ocorreu em Fatehpur, 150 km ao sul da cidade de Lucknow, na Índia
AFP
Acidente ocorreu em Fatehpur, 150 km ao sul da cidade de Lucknow, na Índia
O trem viajava de Howrah, perto da cidade oriental de Calcutá, para a capital Nova Délhi. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

O primeiro-ministro Manmohan Singh expressou seu pesar pelas vítimas e prometeu mobilizar todos os meios disponíveis na zona para as tarefas de resgate.

Ônibus

Na quinta-feira, 38 pessoas morreram quando um trem atropelou um ônibus lotado, também em Uttar Pradesh. As vítimas eram convidados de uma festa de casamento. O ônibus foi atingido em uma passagem de nível sem cancela, informaram as TVs, que exibiram imagens do veículo totalmente destruído enquanto os socorristas retiravam os corpos.

A cada ano ocorrem centenas de acidentes ferroviários na Índia, onde os trens são o principal meio de transporte, mas a colisão deste domingo foi a mais fatal desde o início de 2011.

O pior acidente ferroviário da Índia ocorreu em 1981, quando um trem caiu em um rio no estado de Bihar, matando mais de 800 pessoas.

*Com AFP e AP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.