Trégua em Gaza não será renovada, diz Hamas

Gaza, 18 out (EFE).- Um porta-voz do movimento islamita Hamas declarou hoje que a trégua com Israel em vigor desde junho na Faixa de Gaza não será renovada quando chegar a seu fim, no dia 19 de dezembro.

EFE |

"Apesar da trégua, as passagens fronteiriças ainda estão fechadas, a quantidade de bens e produtos que entram em Gaza foi reduzida e o bloqueio continua", disse hoje Farhat Assad, porta-voz do Hamas na Cisjordânia.

"As violações de Israel mostram que (o país) não está comprometido com a trégua", disse Assad, que acrescentou que "nossa avaliação da trégua é negativa".

O líder da Jihad Islâmica em Gaza, Nafez Azzam, assinalou hoje em comunicado que os quatro meses de cessar-fogo não apresentaram qualquer benefício aos palestinos.

"Somente Israel saiu ganhando com a trégua, enquanto os palestinos da Faixa de Gaza ainda vivem sob o assédio, com todas as passagens de controle e fronteiras fechadas", explicou.

No dia 19 de junho entrou em vigor o cessar-fogo, estipulado com mediação do Egito, no qual as duas partes se comprometiam a cessar as hostilidades e Israel prometia aliviar o bloqueio imposto a esse território após a tomada de poder do Hamas, em junho de 2007. EFE aca/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG