GAZA (Reuters) - Um cessar-fogo entre Israel e o Hamas começará a vigorar na quinta-feira, disse nesta terça-feira uma autoridade palestina que está a par dos esforços egípcios para mediar a trégua. Os dois lados chegaram a um acordo e a trégua começará a ser implementada às 6h (zero hora no horário de Brasília) de quinta-feira, disse o funcionário do alto escalão palestino, falando com a condição de manter o anonimato.

Ele disse que o cessar-fogo foi acertado apesar de Israel ter matado nesta terça-feira pelo menos seis militantes palestinos armados na Faixa de Gaza.

Ao comentar a recente violência, o funcionário afirmou que ambos os lados estavam tentando mostrar que concordavam com a trégua pela força, e não como um ato de fraqueza.

O cessar-fogo teria como objetivo pôr fim aos disparos de foguetes e ataques com granadas de morteiro contra Israel a partir da Faixa de Gaza e às incursões israelenses nesse território.

Funcionários israelenses e palestinos fizeram a ressalva no início desta terça-feira de que em qualquer acordo de trégua o bloqueio imposto por Israel à Faixa de Gaza depois que o Hamas assumiu o controle do território, um ano atrás, somente seria aliviado gradual e parcialmente.

(Reportagem de Nidal al-Mughrabi)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.