A trégua com o grupo radical palestino Hamas na Faixa de Gaza, em vigor desde 19 de junho, está em migalhas depois dos recentes atos de violência, afirmou neste domingo o primeiro-ministro israelense do governo de transição, Ehud Olmert.

Durante o conselho semanal de ministros, Olmert pediu às autoridades militares que estudem uma maneira de acabar com o "regime do Hamas" na Faixa de Gaza.

"O fato de que a calma esteja em migalhas e a criação de uma situação de violência prolongada e repetida no sul do país são de inteira responsabilidade do Hamas e dos demais grupos terroristas", disse Olmert.

rb-kir/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.