Transbordamento de rio deixa 8 mortos e 14 feridos na Colômbia

Bogotá, 17 fev (EFE).- Oito pessoas morreram e 14 foram dadas por desaparecidas por causa do transbordamento de dois rios no departamento (estado) de Nariño, no litoral do Oceano Pacífico, sudoeste da Colômbia, confirmaram hoje as autoridades.

EFE |

O governador deste território, Antonio Navarro, afirmou hoje a jornalistas que a situação mais grave, causada pelas intensas chuvas, é registrada nas margens dos rios Mira, ao sul de Nariño e Telembí, no centro deste departamento e no qual há cerca de 5.300 famílias atingidas.

A região é de difícil acesso e foi advertido que são mais de 5 mil pessoas desabrigadas e 200 imóveis destruídos. Informaram-nos a existência de oito mortos e 14 desaparecidos", declarou a diretora do Escritório de Atenção e Prevenção de Emergências, Luz Amanda Pulido.

As vítimas morreram afogadas em uma região rural do porto de Tumaco, mas a situação mais grave registrada pelo crescente aumento do rio Mira, que ao sair de leito inundou as localidades de Barbacoas e Ricaurte, entre outras.

As autoridades também informaram que cerca de 200 casas foram destruídas e afetadas e que dezenas de hectares de cultivos e animais estão sob as águas.

As poucas estradas deste território também foram afetadas por deslizamentos. EFE rrm/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG