TEERÃ - Vinte e quatro traficantes de droga foram enforcados na semana passada na prisão de Rajai-Shahr, em Karakh, oeste de Teereã, informou o jornal reformista Etemad. No início de julho, outros 20 traficantes de droga também foram executados na mesma prisão.

Com estas execuções, sobe para 219 as pessoas sentenciadas à morte na república islâmica desde o início de 2009, segundo contagem da AFP realizada a partir de informações da imprensa local.

Em 2008, 246 pessoas foram executadas no Irã, onde a pena de morte castiga delitos como assassinato, estupro, roubo a mão armada, tráfico de droga e adultério.

Leia mais sobre Irã

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.