Trabalhistas temem derrota histórica no R.Unido

Londres, 1º mai (EFE).- O Partido Trabalhista teme uma derrota histórica nas eleições gerais do próximo ano como a sofrida em 1997 pelo então primeiro ministro, o conservador John Major, para Tony Blair.

EFE |

Vários integrantes do Governo britânico conversaram em particular com o primeiro-ministro Gordon Brown após as últimas derrotas sofridas pelo partido no Parlamento e a aparente falta de disciplina dentro de sua própria legenda, informa hoje o diário "The Daily Telegraph".

O líder trabalhista sofreu esta semana um inesperado revés político quando os parlamentares, incluindo alguns de seu próprio partido, rejeitaram seu plano de restringir a residência no país aos gurkhas - soldados do Nepal - que serviram em unidades especiais do Exército britânico.

O segundo fracasso aconteceu na quinta-feira, quando, para evitar a humilhação de uma segunda derrota na Câmara dos Comuns com os votos de um setor rebelde de seu próprio partido, o Governo decidiu adiar a anunciada reforma do sistema de remuneração dos parlamentares para evitar abusos denunciados pela imprensa.

Um secretário de Estado do atual Governo declarou ao "Daily Telegraph" que "Gordon (Brown) simplesmente não escuta. Se limita a reagir às manchetes de imprensa. Tudo isso lembra os últimos dias de John Major".

Outras fontes trabalhistas disseram ao jornal que as repetidas derrotas indicam que a autoridade de Brown está cada vez mais em baixa, e que este perdeu o respeito de muitos de seus próprios parlamentares, muitos deles que tinham sido leais até agora, mas temem um massacre político no próximo pleito. EFE jr/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG