Trabalhistas lideram pesquisas de intenção de voto na Austrália

A pesquisa da Newspoll, companhia copropiedade do grupo News Corporation de Rupert Murdoch, mostra que 41% dos entrevistados votariam nos trabalhistas

EFE |

A nova primeira-ministra da Austrália, Julia Guillard, que substituiu Kevin Rudd, devolveu em um fim de semana a liderança ao Partido Trabalhista nas pesqauisas de intenções de voto, segundo uma enquete publicada nesta segunda-feira pela Newspoll na imprensa local.

Julia arrebatou na quinta-feira passada a liderança do Governo de seu ex-chefe Kevin Rudd, cuja popularidade começou a cair em abril devido a várias polêmicas políticas como a tentativa fracassada de obrigar as empresas a pagar pela emissão de gases do efeito estufa.

A pesquisa da Newspoll, companhia copropiedade do grupo News Corporation de Rupert Murdoch, mostra que 41% dos entrevistados votariam nos trabalhistas, 40% na oposição conservadora do Partido Liberal e 10% nos ecologistas.

A popularidade do líder conservador Tony Abbot caiu oito pontos para 29%, enquanto Julia colheu 53% dos apoios, acima de 46% obtido por Rudd quando seu nome entrou em queda.

A pesquisa, publicada no jornal "The Australian", foi realizada através de 1.142 ligações aleatórias para eleitores ao longo do fim de semana, com uma margem de erro de 3%.

    Leia tudo sobre: trabalhistaseleiçõesaustrália

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG