Haia, 26 fev (EFE).- O Tribunal Penal Internacional para a Antiga Iugoslávia (TPII) absolveu hoje o ex-presidente sérvio Milan Milutinovic, acusado por crimes de guerra no Kosovo, mas condenou a 15 e 22 anos de prisão outros ex-responsáveis sérvios, como o ex-vice-primeiro-ministro iugoslavo Nikola Sainovic.

Na primeira sentença sobre crimes de guerra no Kosovo, os juízes impuseram penas de 22 anos de prisão a Sainovic, ao ex-general Nebojsa Pavkovic e ao ex-general da Polícia Sreten Lukic, enquanto o ex-chefe do Exército Dragoljub Ojdanic e o ex-general Vladimir Lazarevic foram condenados a 15 anos de prisão. EFE.

mr/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.