TPI julgará ex-vice da RDC por crimes de guerra e lesa-humanidade

Bruxelas, 15 jun (EFE).- O Tribunal Penal Internacional (TPI) confirmou hoje a acusação contra o ex-vice-presidente da República Democrática do Congo Jean-Pierre Bemba por crimes de guerra e lesa-humanidade entre outubro de 2002 e março de 2003.

EFE |

Em comunicado, a Corte com sede na cidade holandesa de Haia anunciou para breve o início do julgamento do ex-líder do Movimento de Libertação do Congo (MLC).

Segundo o grupo que avalia o caso, há evidências suficientes para considerar Bemba criminalmente responsável por cinco acusações de assassinato, estupro e saque, cometidos quando era chefe militar.

No entanto, ele não será julgado por outras três acusações propostas pela promotoria, de torturas e ataques à dignidade pessoal de suas vítimas, ao considerar que não havia provas suficientes.

Os juízes também rejeitaram a acusação de co-responsabilidade em crimes de guerra junto ao ex-presidente da República Centro-Africana Ange-Félix Patassé, que teriam cometido usando as tropas do MLC.

Bemba foi detido em maio do ano passado pelas autoridades belgas, e transferido ao TPI em julho. EFE epn/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG