TPI emite mandado de prisão contra Gbagbo, da Costa do Marfim

Ex-presidente está a caminho de Haia, onde é acusado de crimes de guerra após eleições contestadas do ano passado

iG São Paulo |

O ex-presidente da Costa do Marfim Laurent Gbagbo está a caminho do Tribunal Penal Internacional (TPI), em Haia, depois de a corte emitir um mandado de prisão contra ele. "Gbagbo está no avião em direção ao TPI", afirmou o advogado Lucie Bourthoumieux à agência Reuters.

O TPI tem investigado supostos crimes de guerra cometidos nos tumultos depois das contestadas eleições do ano passado. Gbagbo está sob prisão domiciliar desde abril , quando foi destituído. Forças leais a ele e as vinculadas a seu rival, o presidente Alassane Ouattara, são acusadas de assassinatos, estupros e outros supostos abusos no conflito.

Gbagbo, que esteve no poder por dez anos, era mantido preso em Korhogo, cidade no norte do país. A transferência dele para o TPI ocorre apenas duas semanas antes de eleições legislativas no país.

Vitória do vencedor

O promotor do TPI, Luis Moreno Ocampo, visitou o país em meados de outubro para investigar a violência pós-eleitoral. Ele disse que sua investigação seria imparcial, dando ênfase a até seis pessoas que teriam mais responsabilidade pela violência.

Grupos de direitos humanos celebraram o mandado de prisão, mas também pediram cautela contra a "vitória do vencedor". "Enquanto os partidários de Gbagbo estimularam a violência, forças em ambos os lados foram repetidamente implicadas em crimes graves", disse Elise Keppler, da Human Rights Watch.

"Vítimas de abusos cometidos por forças leais ao presidente Ouattara também merecem ver a justiça ser feita", afirmou.

Embora a Costa do Marfim não seja um dos países-membros cobertos pelo TPI, aceitou sua jurisdição. Gbagbo também é investigado por autoridades judiciais da Costa do Marfim por "crimes econômicos". Ele foi acusado por saques, assalto à mão armada e fraude.

*Com BBC

    Leia tudo sobre: costa do marfimlaurent gbagboalassane ouattaratpi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG