TPI absolve o ex-ministro do Interior macedônio do assassinato de albaneses

O Tribunal Penal Internacional (TPI) para a ex-Iugoslávia absolveu nesta quinta-feira o ex-ministro do Interior macedônio, Ljube Boskoviski, e condendou um membro dos serviços de segurança, Johan Tarculovski, a 12 anos de prisão pelo assassinato de civis albaneses em 2001.

AFP |

"Sr. Boskovski, o senhor não é culpado dos crimes dos quais foi acusado", declarou o juiz Kevin Parker, que presidiu a audiência, destacando que o réu será liberado "o mais cedo possível".

O público macedônio presente aplaudiu a notícia.

"Eu o condeno a 12 anos de prisão", acrescentou o advogado dirigindo-se ao outro acusado, Johan Tarculovski, a quem considera responsável por ter ordenado, planejado e instigado os crimes cometidos pela polícia na aldeia de Ljuboten, em agosto de 2001.

Estes dois homens eram os únicos macedônios acusados pelo TPI. Os dois se declararam inocentes das acusações de assassinato, destruição voluntária de cidades e aldeias e tratamentos cruéis aos civis prisioneiros, considerados crimes de guerra.

A promotoria havia pedido 12 anos de prisão para o ex-ministro e 15 anos para Tarculovski.

axr/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG