TPI absolve ex-premier de Kosovo Ramush Haradinaj

O Tribunal Penal Internacional (TPI) para a antiga Iugoslávia de Haia absolveu nesta quinta-feira o ex-primeiro-ministro kosovar Ramush Haradinaj, acusado de limpeza étnica durante a guerra de Kosovo (1998-99).

AFP |

"A câmara o considera inocente dos crimes pelos quais foi acusado e ordena sua liberdade o mais rápido possível", declarou o juiz holandês Alphons Orie, que presidia o processo no TPI.

O promotor havia pedido 25 anos de prisão para Haradinaj.

Ramush Haradinaj, 39 anos, um ex-comandante do Exército de Libertação de Kosovo (UCK), considerado um herói por muitos kosovares, foi a principal autoridade kosovar acusada pelo TPI.

axr/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG