TPI absolve ex-comandante muçulmano da cidade bósnia de Srebenica

A câmera de apelações do Tribunal Penal Internacional (TPI) para a ex-Iugoslávia absolveu nesta quinta-feira o ex-comandante muçulmano das forças de Srebrenica, Naser Oric, condenado a dois anos de prisão por crimes de guerra em primeira instância.

AFP |

Em junho de 2006, em primeira instância, Naser Oric, de 41 anos, foi considerado culpado por crimes de guerra por não ter tentado evitar os maus-tratos e assassinatos cometidos contra a população sériva, apesar de ter sido informado de crimes anteriores.

Para muitos bósnios muçulmanos, Oric encarna a resistência à perseguição sérvia, e ainda cantam poemas em seu louvor.

Associações de vítimas e ex-combatentes sérvio-bósnios manifestaram sua decepção com o veredicto e acusaram o TPI de "parcialidade".

mlr/gdh/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG