NOVA YORK (Reuters) - A Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou nesta quarta-feira que 14 pessoas de sua missão de paz no Haiti morreram após o desabamento de sua sede pelo forte terremoto e prevê que o número de vítimas poderá crescer consideravelmente. Entre os mortos estão 10 brasileiros, três jordanianos e um haitiano, informou Susana Malcorra, alta representante da missão de paz da ONU.

O chefe da missão de paz da organização, Alain Le Roy, disse que o número final de mortes no prédio da ONU será certamente muito maior.

"O número de feridos e mortes será muito alto", afirmou a repórteres.

(Reportagem de Louis Carbonneau)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.