Torre do Tambor de Pequim reabre dois meses após assassinato

A Torre do Tambor, importante atração turística de Pequim, reabriu ao público nesta quarta-feira dois meses depois de ter sido cenário, durante os Jogos Olímpicos, do assassinato de um turista, sogro do técnico da seleção de vôlei masculino dos Estados Unidos.

AFP |

As autoridades adotaram medidas de segurança adicionais no local.

A Torre do Tambor, um edifício do século XIII com vista para o centro histórico da capital chinesa, estava fechada desde a tragédia de 9 de agosto, um dia depois da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos.

Na ocasião, Tang Yongming, 47 anos, esfaqueou e matou Todd Bachman, sogro de Hugh McCutcheon, técnico da seleção americana, antes de cometer suicídio.

A mulher de Todd Bachman ficou gravemente ferida no ataque.

mbx/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG