Tornados causam danos e mortes em três Estados dos EUA

Tempestades deixam 8 mortos em Oklahoma, quatro no Arkansas e dois no Kansas

iG São Paulo |

Vários tornados atingiram o meio oeste dos EUA nesta quarta-feira, deixando ao menos 14 mortos no Arkansas, Kansas e Oklahoma, no que se tornou uma histórica temporada de tempestades. No início desta quarta-feira, o sistema de tempestades contribuiu para noites agitadas do Iowa ao Texas, atingindo muitas regiões com granizo do tamanho de bolas de golfe.

AP
Teatro de escola secundária é visto destruído após tornado atingir Joplin, Missouri (24/05/2011)
As vítimas se somam aos 125 mortos e 750 feridos de Joplin, Missouri, devastada no fim de semana pelo tornado mais mortífero dos EUA desde que eles começaram a ser registrados, há 61 anos . O Serviço Meteorológico Nacional também detectou tornados em Dallas e em vários condados do norte do Texas.

As perdas de bens assegurados provocadas pelo tornado de Joplin podem ser de entre US$ 1 bilhão e US$ 3 bilhões, disse na terça-feira a empresa de avaliação de riscos Eqecat. Segundo o jornal americano The New York Times, cerca de 1,5 mil pessoas continuam desaparecidas na cidade, de acordo com os bombeiros.

Apesar de o número de desaparecidos ser alarmante para uma cidade de 49 mil habitantes, autoridades alertam que podem se tratar de problemas de comunicação, uma vez que os sistemas de telefonia foram prejudicados pela passagem do tornado, o que torna mais difícil de parentes e autoridades serem avisados.

Os tornados deixaram ao menos oito mortos e 70 feridos em Oklahoma. As tempestades mataram dois no Kansas e quatro no Arkansas.

Em Oklahoma, o maior tornado atingiu El Reno, a oeste de Oklahoma City, e continuou em direção a nordeste, de acordo com o Instituto de Meteorologia dos Estados Unidos. O tornado causou "danos extensos" em El Reno, uma cidade de 15 mil pessoas, disse Rick Smith, do Instituto de Meteorologia Nacional em Norman.

"Há vários caminhões e carros de cabeça para baixo na estrada 40", disse. "Visualmente, era um grande tornado. Não está claro quais foram os seus ventos máximos."

Outras fortes tempestades de raios estão se desenvolvendo ao sudoeste de Oklahoma City, o que pode criar mais tornados, afirmou Smith. O Estado americano vem se preparando durante todo o dia para o clima ruim, depois que o Instituto de Meteorologia dos EUA afirmou que as condições eram próprias para o surgimento de tornados.

*Com Reuters, AP, EFE e New York Times

    Leia tudo sobre: euatornadomissourioklahomakansasarkansas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG