Tornado deixa 10 mortos no norte da Argentina

BUENOS AIRES (Reuters) - Um tornado arrasou um pequeno povoado no norte da Argentina na noite de segunda-feira, provocando a morte de 10 pessoas, entre elas sete crianças, e deixando centenas de feridos, informaram nesta terça-feira autoridades da província de Misiones. A forte tormenta teve como epicentro o povoado de Santa Rosa, de cerca de 20 mil habitantes e localizado perto da fronteira com o Brasil.

Reuters |

Mais de 100 famílias ficaram desabrigadas.

"Durante a noite aconteceu uma forte tempestade no município de San Pedro, em uma colônia que se chama Santa Rosa, que afetou muitas famílias", disse Ricardo Corrales, diretor da Defesa Civil de Misiones, a um canal local de televisão.

A polícia e o Exército trabalhavam na zona afetada para ajudar as vítimas. O governo federal também se mobilizou e enviou à região o ministro da Saúde, Juan Manzur, que coordenará a assistência aos afetados pelo tornado.

"A situação é crítica", disse Manzur, que revelou que as tarefas de socorro às vítimas são afetadas pelo quase isolamento de Santa Rosa após o tornado.

"Colocamos em alerta todos os hospitais da região", disse Manzur a jornalistas. "O tornado criou uma situação catastrófica", acrescentou.

O povoado atingido pelo fenômeno tem casas precárias, na maioria de madeira, e está em uma área de floresta.

(Reportagem de Nicolás Misculin e Guido Nejamkis)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG