Tóquio, 2 jun (EFE).- O ministro de Assuntos Exteriores japonês, Hirofumi Nakasone, advertiu hoje mais uma vez a Coreia do Norte sobre o lançamento de um míssil balístico de longo alcance, em meio às especulações sobre um novo teste norte-coreano.

"Se a Coreia do Norte lançar (um míssil) causará uma clara violação da resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas", disse Nakasone, citado pela agência local de notícias sul-coreana "Yonhap".

O titular de Exteriores acrescentou que "seria natural para a comunidade internacional dar uma resposta firme e unificada".

Os comentários de Nakasone acontecem depois do aumento das especulações sobre a possibilidade de a Coreia do Norte estar preparando o lançamento de um míssil intercontinental, pelos movimentos detectados em instalações militares, segundo a imprensa sul-coreana.

A Coreia do Norte advertiu na sexta-feira passada a ONU que a aprovação de novas sanções contra seu teste nuclear de 25 de abril significaria um aumento de suas "medidas em defesa própria". EFE icr/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.