Toque de recolher em Cartum após início de combates entre Exército e rebeldes

Combates entre forças do governo sudanês e rebeldes do Movimento pela Justiça e a Igualdade (JEM) de Darfur eclodiram neste sábado ao norte de Cartum, onde foi declarado toque de recolher, informou o Exército sudanês em um comunicado.

AFP |

"As Forças Armadas enfrentam atualmente um ataque dos rebeldes de Khalil Ibrahim (líder do JEM), ao norte de Omdurman", assegurou o comunicado do Exército lido na TV pública.

O Ministério do Interior declarou toque de recolher na capital sudanesa a partir deste sábado às 17h00 (09h00 de Brasília) até domingo às 06h00 (00h00 de Brasília) e pediu que os moradores da capital permaneçam em suas casas.

Não há registro de vítimas até o momento.

O JEM, um grande grupo rebelde de Darfur, província a oeste do país imersa em uma guerra civil, anunciou em seu site na internet que tomou controle da base aérea de Wadi Sayyedna, ao norte de Cartum, apesar dessa informação não ter sido confirmada até o momento.

Um morador de Omdurman, Sadiq Babo Nimr, informou por telefone à AFP que os residentes da cidade se esconderam em suas casas. "Bem em frente ao meu apartamento, escuto o bombardeio de artilharia pesada", disse.

"Estamos deitados no chão, porque as balas perdidas passam por todos os lados. Minha mulher e meus filhos têm muito medo", afirmou.

Nimr assegurou que começou a ouvir disparos distantes por volta das 16H30, horário local, e que posteriormente se aproximaram. Segundo ele, a luz e os telefones celulares foram cortados.

O exército se espalhou pelas ruas quase desertas de Cartum, onde o comercio permaneceu de portas fechadas.

str-iba/dm/cl

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG