Tony e Cherie Blair compram mansão por 4 milhões de libras

Londres, 4 mai (EFE).- O ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair e sua esposa, Cherie, compraram uma mansão no campo construída em 1704 por 4 milhões de libras (cerca de 5 milhões de euros), revela hoje o jornal Mail on Sunday.

EFE |

De acordo com o jornal, o imóvel - tombado devido a seu valor patrimonial - pertenceu ao famoso ator do teatro britânico John Gielgud e fica no condado de Buckinghamshire, perto de Londres.

Com sete quartos, a South Pavilion se junta às outras cinco residências do casal: duas em Londres, duas em Bristol e uma em Durham, a circunscrição política do ex-chefe de Governo, afirma a fonte.

O "Mail on Sunday" diz que a atual proprietária da casa, Effie Lecky, viúva do empresário canadense John Lecky, decidiu oferecê-la aos Blair antes que saísse ao mercado através de uma imobiliária.

Além disso, o jornal afirma que um dos filhos do casal Blair, Euan, de 24 anos, começará a trabalhar para o banco de investimentos americano Morgan Stanley, quando, em 26 de maio, se formar na Universidade de Yale (EUA).

O ex-diretor de pessoal do político trabalhista, Jonathan Powell, é agora um alto executivo nessa entidade, lembra o jornal. EFE jm/rb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG