luta global - Mundo - iG" /

Tony Blair defende entender antiterrorismo como luta global

Jerusalém, 8 jan (EFE).- O enviado do Quarteto para o Oriente Médio, Tony Blair, acredita que o terrorismo será derrotado dentro de muito tempo, quando a comunidade internacional entender que é uma luta global travada em diferentes cenários.

EFE |

"Pessoalmente, acho que derrotaremos o terrorismo quando entendermos que é uma única batalha, uma única luta. É um movimento global com uma ideologia", disse, em entrevista ao jornal israelense "Ha'aretz".

O ex-primeiro-ministro do Reino Unido vê um "tema unificador" por trás do que acontece em lugares que sofreram atentados, como o Reino Unido, e "o que ocorre em lugares como Iemên, Afeganistão e Somália".

"A chave para entender isso é que é um movimento global com uma ideologia global e uma única luta. Uma única luta em muitos cenários diferentes", argumenta.

"Às vezes, as pessoas me dizem: não, (o problema) não é o Iraque, mas o Afeganistão. Outro dirá: não, é o Paquistão, e outro dirá que é o Iraque e mais outro que é o Iêmen. Mas, de fato, são todos eles de diferentes formas. Representam diferentes desafios unificados por um único movimento com uma única ideologia", acrescenta.

Blair considera que o problema do terrorismo precisa de "um longo período de tempo" para ser resolvido, mas afirmou que "o importante é que, onde nos combaterem, estejamos preparados para responder".

EFE ap/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG