O homem que mantinha quatro reféns na prefeitura de uma cidade holandesa foi preso três horas depois de iniciada a ação que teve, aparentemente, motivos de vingança pessoal, anunciou a polícia à agência de notícias ANP.

Havia mais de 50 pessoas no local, mas apenas quatro foram feitas reféns por um homem armado que, nesta segunda-feira, invadiu a prefeitura da cidade de Almelo (leste).

Pouco antes da tomada de reféns, ocorreu um incêndio num restaurante contíguo à prefeitura e o homem armado seria o gerente do estabelecimento, que estaria em conflito com as autoridades municipais por ter perdido a licença de funcionamento.

O homem ateou fogo a seu carro diante da prefeitura e invadiu o lugar quando os funcionários municipais tentavam apagar o incêndio.

Leia mais sobre violência na Holanda

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.