Tom Daschle, ex-líder democrata do Senado, será secretário da Saúde

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, escolheu o ex-líder da maioria democrata no Senado Tom Daschle para ser seu secretário da Saúde e Serviços Sociais, revelou uma fonte democrata nesta quarta-feira.

AFP |

Quando Obama assumir o cargo, em 20 de janeiro, Daschle terá de aplicar uma das grandes promessas da campanha democrata: reformar o sistema de Saúde em um país onde 46 milhões de pessoas não têm cobertura médica.

A indicação foi confirmada por um responsável democrata, que pediu para não ser identificado, mas a equipe de transição de Barack Obama ainda não fez qualquer anúncio oficial.

O Senado ainda terá de ratificar a indicação.

Daschle, de 60 anos, foi líder da bancada democrata entre 2001 e 2003. Em 2004, foi derrotado nas urnas e perdeu o cargo de senador por Dakota do Sul.

A reforma do sistema de Saúde, defendida por Obama, prevê garantir a cobertura social por meio de um sistema parcialmente financiado pelo Estado.

Os democratas já haviam tentado empreender uma reforma no setor (uma das bandeiras da atual senadora Hillary Clinton, quando seu marido, Bill, era presidente dos Estados Unidos), mas fracassaram.

col/tt/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG