Togo desiste da Copa Africana de Nações, diz ministro

LOME (Reuters) - A seleção togolesa de futebol está se retirando da Copa Africana de Nações após um ataque ao ônibus da equipe, em ação que matou três pessoas, afirmou neste sábado o ministro da administração territorial do país. O governo togolês decidiu chamar o time de volta. Não podemos continuar na Copa Africana de Nações nessa dramática situação, afirmou Pascal Bodjona, em comunicado divulgado na capital de Togo, Lome.

Reuters |

(Reportagem de John Zodzi)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG