Todos os grupos armados da RDC irão à reunião sobre conflito

Kinshasa, 6 dez (EFE).- Além do Congresso Nacional para a Defesa do Povo (CNDP) do ex-general Laurent Nkunda, todos os grupos armados congoleses irão ao encontro da próxima segunda-feira em Nairóbi para buscar uma saída pacífica ao conflito que afeta o leste da República Democrática do Congo (RDC).

EFE |

Segundo o ministro de Comunicação da RDC, Lambert Mende Omalanga, o Governo se reunirá "primeiro com o grupo de Nkunda" e depois com os demais separadamente.

Omalanga lembrou que o programa de paz assinado em janeiro "continua sendo a base da resolução da crise". No entanto, os rebeldes do CNDP rejeitam o dito programa e pretendem negociar diretamente com o Governo de Kinshasa, indica a missão da ONU na RDC (Monuc).

Segundo a Presidência congolesa, os chefes das Forças Armadas dos países da África central elaboraram uma série de estratégias militares para ajudar à RDC a vencer os rebeldes do CNDP.

Os rebeldes do CNDP, que começaram uma nova ofensiva há três meses, se encontram desde outubro a alguns de quilômetros da capital da província da conflituosa região de Kivu Norte, embora no dia 29 do mesmo mês tenham declarado um cessar-fogo unilateral. EFE py/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG