Tocha olímpica iniciará etapa japonesa em estacionamento

A etapa do Japão da tocha olímpica, que iria começar em um famoso templo budista, terá início em um estacionamento devido ao temor de manifestações contra a China, informaram as autoridades japonesas.

AFP |

O templo de Zenkoji -um famoso santuário budista do século VII situado em Nagano, cidade que sediou os Jogos Olímpicos de Inverno de 1998- anunciou nesta sexta-feira que se negava a ser o ponto de partida da etapa japonesa do revezamento da chama olímpica, no próximo sábado, devido à repressão chinesa no Tibete.

"Decidimos mudar o ponto de partida do percurso e escolhemos uma área anteriormente ocupada por um edifício municipal", declarou à AFP um alto funcionário municipal de Nagano.

"O motivo é porque queremos mudar o mínimo possível o trajeto original e, ao mesmo tempo, garantir a segurança do itinerário", acrescentou.

Os responsáveis pelo templo de Zenkoji -visitado por seis milhões de pessoas por ano- ressaltaram que haviam recebido cerca de cem ligações telefônicas, a maioria de apoio a sua decisão.

No entanto, o santuário também foi alvo da ação de vândalos e a Polícia investiga se esses atos estão relacionados aos Jogos Olímpicos de Pequim.

O périplo mundial da tocha olímpica desencadeou protestos e incidentes desde o seu início, no final de março, na cidade grega de Olimpia. As etapas mais tumultuadas foram as de Londres e Paris.

kh/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG