Nova Délhi, 16 dez (EFE).- Pelo menos 250 civis morreram e 616 ficaram feridos por causa de tiros da Polícia indiana em 2007, segundo um relatório do Escritório Nacional de Registro de Crimes (NCRB, em inglês) divulgado hoje.

Os agentes indianos protagonizaram no ano passado 865 tiroteios em distúrbios, operações contra o crime organizado ou grupos terroristas, segundo o estudo, que afirma que 59 policiais morreram e 855 sofreram ferimentos.

O estado mais povoado da Índia, Uttar Pradesh, no norte do país, registrou 469 tiroteios e o maior número de mortos, 115, dos quais 102 eram civis e 13 policiais.

Depois desta região, vem o estado de Andhra Pradesh (33 mortos), Maharashtra (30 mortos) e Rajastão (24 mortos).

Estas quatro regiões somam 72,4% do total de pessoas mortas nos tiroteios policiais registrados em 2007.

Segundo os dados do NCRB, 38,6% dos tiroteios ocorreram em operações contra o crime organizado, 21% contra grupos terroristas e extremistas e 13,8% durante distúrbios. EFE jrc/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.