Tiroteios entre georgianos e ossetas deixam um morto na Ossétia do Sul

Uma pessoa morreu, e outras quatro ficaram feridas na Ossétia do Sul, um território separatista pró-russo da Geórgia, durante tiroteios entre forças georgianas e ossetas do sul, informaram as autoridades locais, neste domingo, em nota na Internet.

AFP |

Tskhinvali, capital da república autoproclamada independente, foi "alvo de disparos intensos", com armas automáticas, morteiros e lança-granadas, dos povoados georgianos de Erñeti e Nikosi, na madrugada de domingo, declarou o Ministério do Interior da Ossétia do Sul, no comunicado.

As forças ossetas responderam ao ataque, e a troca de tiros durou cerca de quatro horas. Pelo menos cinco pessoas ficaram feridas. "Uma delas morreu, posteriormente, no hospital", acrescentou a nota.

Soldados do contingente de manutenção da paz, oriundos de Rússia, Geórgia e Ossétia do Norte, além de observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), que estavam no local, também foram alvo dos disparos, anunciou o Estado-Maior dessas forças, destacando que não houve feridos entre suas fileiras.

vl/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG