Tiroteio no Museu do Holocausto em Washington deixa dois feridos

Duas pessoas foram atingidas por disparos e ficaram feridas nesta quarta-feira, quando um homem armado abriu fogo contra o prédio do Museu do Holocausto, em Washington, causando pânico na área turística da cidade, indicaram autoridades e testemunhas.

AFP |

As duas pessoas atingidas foram levadas para o hospital, segundo um porta-voz da polícia. Uma terceira pessoa ficou levemente ferida, possivelmente atingida por estilhaços de vidro, mas não precisou ser internada.

O sargento da polícia David Schlosser disse que um dos feridos seria um segurança do museu, e o outro, o próprio atirador.

Um porta-voz do museu disse à AFP que o prédio do museu, que fica a cerca de 500 metros da Casa Branca, foi evacuado quando os primeiros tiros foram ouvidos.

Angela Andelson, 22 anos, que mora em São Francisco e está visitando a capital americana, contou à AFP ter ouvido por volta de cinco tiros.

"Eu estava na entrada (do museu) quando o atirador entrou. Eu estava andando em direção à saída, do outro lado da entrada", disse.

"Ouvi um tiro, um barulhão, como se alguém tivesse deixado cair algo. Então eu me virei para olhar, e vi todos esses seguranças se abaixando. Olhei de novo e vi o atirador entrando, com uma arma longa, parecia. Eu corri para dentro de uma das salas para me proteger", relatou.

"Ouvi o primeiro tiro. Quando me virei e olhei, houve pelo menos mais dois ou quatro tiros", continuou Andelson. "As pessoas gritavam e se abaixavam no chão, entrando debaixo dos bancos".

jm-jkb/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG