(atualiza com declarações e detalhes do fato) Washington, 8 mar (EFE).- O pastor de uma igreja do estado de Illinois, nos Estados Unidos, morreu hoje por causa de um tiroteio em sua congregação, no qual três pessoas ficaram feridas, incluindo o autor dos disparos.

O atirador falou rapidamente com o pastor antes de disparar contra ele, e, a seguir, começou a esfaquear-se antes de os fiéis conseguirem impedi-lo, afirmaram hoje fontes policiais.

Dois desses fiéis ficaram feridos ao tentar conter o agressor.

A Polícia disse desconhecer se o pastor Fred Winters e o responsável do crime se conheciam antes.

"Não sabemos a relação (entre o homem armado e o pastor)", disse à imprensa o agente Ralph Timmins.

O pastor foi declarado morto no Hospital Anderson, próximo à localidade de Maryville, onde fica a igreja, informou a porta-voz do centro, Natalie Head.

Ela disse que as duas pessoas feridas no tiroteio foram levadas de helicóptero para outro hospital.

O policial, por sua vez, afirmou que o atirador tinha sido levado a um hospital local antes de ser encaminhado a um centro em St.

Louis. O estado de saúde dele não foi revelado.

Segundo o site da igreja, Winters foi presidente da Associação Batista Estadual de Illinois e professor-adjunto do Seminário Teológico Batista do Meio-Oeste. EFE tb/an/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.