Tiroteio entre traficantes e policiais deixa 12 mortos no México

GUANAJUATO - Um tiroteio em plena luz do dia entre supostos criminosos do narcotráfico e forças de segurança deixou na sexta-feira ao menos 12 mortos em uma pequena cidade da região central do México, segundo a mídia local.

Reuters |

Os criminosos abriram fogo contra a polícia federal e soldados, além de lançarem granadas, quando eles tentavam prendê-los em Apaseo el Alto, no geralmente tranquilo Estado de Guanajuato, depois de uma busca numa suposta casa de segurança, segundo autoridades.

"Houve um enfrentamento entre homens armados e elementos federais em Apaseao del Alto, estamos tentando confirmar mais detalhes", disse uma porta-voz da procuradoria de Guanajuato, que não pôde confirmar o número de mortos.

A mídia local, entretanto, disse que a maioria dos mortos pertencia ao narcotráfico.

Grupos rivais do narcotráfico lutam pelas rotas de comércio ilegal de droga do México e da América Central até os EUA, avaliado em 40 bilhões de dólares em anuais.

O presidente Felipe Calderón mobilizou milhares de soldados para tentar frear a guerra dos cartéis de droga, mas a violência continua a aumentar e já custou a vida de 12.300 pessoas desde que o mandatário assumiu o poder, em dezembro de 2006.

Leia mais sobre violência no México

    Leia tudo sobre: méxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG