Tiroteio entre traficantes deixa 18 mortos no México

Desde o fim de 2009, há uma guerra declarada entre cartéis de drogas na região

EFE |

Um tiroteio deixou 18 mortos na segunda-feira entre supostos delinquentes no Estado mexicano de Tamaulipas, no nordeste do país, informou uma fonte oficial.

Em um breve comunicado, o governo de Tamaulipas disse que o confronto ocorreu na manhã de segunda no município de Abasolo, indicando que mantém uma estreita comunicação com as autoridades municipais e dependências federais para investigar o caso.

Abasolo é uma comunidade agrícola, a 100 quilômetros de Ciudad Victoria, capital de Tamaulipas, e tem 14 mil habitantes. O Estado, na fronteira com os Estados Unidos, é cenário desde o fim de 2009 de uma guerra declarada entre os cartéis de drogas do Golfo e Los Zetas, que já foram aliados.

Também na segunda-feira, a polícia federal capturou um líder dos Zetas no Estado de Oaxaca, no sul do país, que revelou alguns detalhes dp conflito entre cartéis mexicanos.

Marcos Carmona Hernández, conhecido como "El Cabrito", confessou à polícia que o Los Zetas mantém um acordo de não agressão e colaboração com as organizações criminosas dos irmãos Beltrán Leyva, de Juárez e dos irmãos Arellano Félix.

Há informações divulgadas pela imprensa local dando conta de que, para enfrentar essa aliança, o Los Zetas se uniu aos cartéis de Sinaloa (o mais poderoso), do Golfo e La Familia Michoacana.

Em quatro anos, a guerra entre cartéis do narcotráfico e os conflitos das organizações criminosas contra as forças federais deixaram 35 mil mortos.

    Leia tudo sobre: méxiconarcotráficocartéis de drogaseua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG