Tiroteio entre grupos armados deixa 28 mortos no México

Segundo fontes oficiais, a região é conhecida por briga de gangues

EFE |

Vinte e oito homens morreram e quatro ficaram feridos em um tiroteio entre grupos criminosos rivais no município mexicano de Ruiz, no estado de Nayari.

A Promotoria de Nayari indicou em comunicado que o enfrentamento ocorreu no cruzamento de uma estrada. Ao saber do tiroteio, militares e policiais federais se dirigiram ao local, onde encontraram dez veículos abandonados, 28 homens mortos e quatro pessoas feridas, além de armas de grosso calibre.

A investigação teve início quando as autoridades receberam uma denúncia cidadã sobre o sequestro de um homem por parte de criminosos que viajavam em três veículos.

Esse caso ocorreu no povoado de Peñas, no município de Túxpan (Nayari), de onde os sequestradores fugiram em direção a Ruiz, onde finalmente ocorreu o enfrentamento entre grupos rivais. A Promotoria não informou quais seriam os grupos criminosos envolvidos no tiroteio.

O estado de Nayari tem forte presença do cartel das drogas de Sinaloa, liderada por Joaquín "El Chapo" Guzmán.

    Leia tudo sobre: MÉXICOVIOLÊNCIA

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG