Washington, 7 mar (EFE).- Um tiroteio ocorrido hoje em uma loja da cadeia Wal-Mart na cidade americana de Greenville, no estado do Texas, terminou com um suspeito morto e um policial ferido, informaram as autoridades.

Por volta das 12h (hora local), a Polícia da cidade recebeu relatos de que tiros tinham sido disparados de um Ford Mustang vermelho.

Poucos minutos depois, segundo o jornal "The Dallas Morning News", a Polícia avistou o automóvel perto dos limites da cidade. Os policiais contaram que um homem apontava uma arma para eles, e com isso atiraram em direção a ele.

O suspeito se dirigiu para um Wal-Mart localizado na beira de uma estrada da região. Kala Ryan, garçonete de um restaurante próximo, disse ao jornal que viu os policiais confrontarem o indivíduo no estacionamento da loja.

"Os policiais apontavam suas armas e pediam que ele abaixasse a sua", disse Ryan.

No entanto, o homem correu para dentro da loja onde, aparentemente, foi enfrentado por um subchefe da Polícia do condado vizinho de Delta, que estava de folga.

Segundo o jornal, indicou que o subchefe de Polícia e os policiais envolvidos na perseguição enfrentaram o homem quando tentava sair da loja.

"Testemunhas disseram que houve pelo menos oito disparos no confronto", acrescentou o diário.

Os empregados da loja e os poucos clientes saíram correndo para se esconder.

"O suspeito foi atingido pelas balas e morreu", acrescentou o jornal, segundo o qual o subchefe de Polícia de Delta foi levado ferido para um hospital da cidade de Tyler.

A Polícia não deu os nomes do oficial ferido e do homem morto.

EFE jab/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.