Os rebeldes dos Tigres Tâmeis reconheceram oficialmente neste domingo, em uma declaração, a morte de seu líder, Velupillai Prabhakaran, em um ataque das Forças Armadas do Sri Lanka.

"Anunciamos hoje, com uma tristeza indescritível e com os corações entristecidos, que nosso líder incomparável, o comandante supremo dos Tigres de Libertação do Eelam Tâmil (LTTE), tornou-se um mártir lutando contra as operações militares do Governo cingalês", declarou o secretário de Relações Internacionais dos rebeldes, Selvarasa Pathmanathan.

Esta é a primeira vez que os insurgentes reconhecem a morte de Prabhakaran, anunciada no início da semana pelo Governo do Sri Lanka.

aj-sas/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.