deixando 2 mortos e 44 feridos, o outro foi abatido no aeroporto internacional." / deixando 2 mortos e 44 feridos, o outro foi abatido no aeroporto internacional." /

Tigres Tâmeis lançam ataque aéreo na capital de Sri Lanka

COLOMBO - Dois aviões da guerrilha Tigres da Libertação do Tâmil Eelam (TLTE) atacaram a capital do Sri Lanka, Colombo. Um dos aviões atingiu um prédio público, http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/02/20/avioes+rebeldes+bombardearam+predio+do+tesouro+na+capital+do+sri+lanka+4200984.html target=_topdeixando 2 mortos e 44 feridos, o outro foi abatido no aeroporto internacional.

Reuters |

A ação prova definitivamente a capacidade da guerrilha em atacar longe da zona de guerra, onde tropas do governo rapidamente cercaram os rebeldes numa área de apenas 87 quilômetros quadrados na floresta. O conflito separatista na ilha começou em 1983 e já deixou 70 mil mortos. A capital fica cerca de 350 quilômetros a sudoeste do atual epicentro dos combates.

Os militares disseram que um avião foi abatido por baterias antiaéreas sobre o aeroporto, e que o outro, também abatido, caiu no prédio da Receita Nacional, no bairro do Forte, perto do porto de Colombo.

AP

Tiros de aeronave da defesa aérea iluminam o céu durante ataque de rebeldes


O governo cortou a energia da cidade depois de detectar um dos aviões por radar na costa leste do Sri Lanka. O céu ficou iluminado por localizadores e holofotes.

"Abatemos um (no aeroporto de) Katunayake e encontramos os destroços e o corpo do piloto", disse o porta-voz militar Keheliya Rambukwella. Mas tarde, ele esclareceu que os destroços haviam sido achados no edifício tributário.

Fontes hospitalares disseram ter recebido 40 feridos, e os militares afirmaram que pelo menos duas pessoas morreram.

"Posso ver uma bola de fogo entrando no prédio da Receita Nacional, e o prédio pegou fogo", disse um guarda à TV Reuters no hotel de luxo TransAsia.

Rambukwella havia dito anteriormente que o avião lançara uma bomba. Depois, corrigiu-se e disse que o próprio avião tinha caído no prédio.

AP

Destroços de Aeronave de rebeldes após ser atingida pela Força Aérea de Sri Lanka


A TV estatal mostrou os destroços do outro avião caído num pântano que fica bem ao lado da base militar que funciona no aeroporto. A fuselagem, camuflada em verde e marrom, estava destroçada e cheia de marcas de disparos.

Perto dali, era possível ver o corpo do piloto, usando a farda listrada, como um tigre, que caracteriza o TLTE.

Foi a décima operação dos "Tigres Aéreos" desde o surgimento desse esquadrão aéreo da guerrilha, em março de 2007. É supostamente o único grupo insurgente do mundo que conta com uma frota para combates aéreos.

Leia mais sobre Sri Lanka

    Leia tudo sobre: sri lanka

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG