Um turista que visitava uma área da Grande Muralha da China perto da capital, Pequim, foi morto por um tigre siberiano quando buscava um atalho em um parque para animais. O visitante, um chinês identificado pela imprensa local como Guo, e seus dois acompanhantes, decidiram poupar tempo descendo da muralha sem saber que a área onde haviam entrado era parte do cercado de um tigre no Badaling Wildlife World.

Um funcionário do parque, identificado como Wang, disse ao jornal China Daily que o animal avançou sobre Guo, derrubando-o, e agarrou sua garganta. O turista morreu na hora.

Segundo Wang, um outro funcionário que viu o ataque entrou em seu jipe e avançou em direção ao tigre para afugentar o animal, enquanto os dois acompanhantes de Guo fugiam escalando uma cerca.

"Os homens ignoraram todas as placas de alerta e pularam para dentro da cerca de proteção", disse Wang, de acordo com o China Daily.

Os acompanhantes do turista morto disseram à polícia que viram placas em volta do cercado alertando para animais selvagens mas não acreditaram na advertência porque não viram bicho nenhum, informou o jornal chinês Beijing Times.

O tigre siberiano pode pesar até 226 quilos e está na lista de animais ameaçados de extinção.

O China Daily afirma que há cerca de 400 na natureza.

Leia mais sobre: tigres

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.