Tibete volta a receber turistas estrangeiros em 5 de abril

PEQUIM (Reuters) - Turistas estrangeiros serão novamente autorizados a entrar no Tibete a partir do dia 5 de abril, uma vez que a problemática região estará harmoniosa e segura, disse uma autoridade do turismo, segundo a agência oficial de notícias Xinhua. O Tibete e as regiões étnicas tibetanas de outras províncias estavam impedidas de receber visitas há alguns meses, com o bloqueio de policiais armados nas estradas e o corte de serviços da Internet e telefones celulares em algumas áreas.

Reuters |

"O Tibete retomará a recepção de turistas estrangeiros a partir do dia 5 de abril, e nós daremos boas-vindas a eles calorosamente", disse o chefe do Departamento de Turismo no domingo, segundo a agência Xinhua.

"O acolhimento foi suspenso em março para a segurança dos turistas... o Tibete é harmonioso e seguro agora", disse Bachug.

Dois eventos ocorridos em março -- a comemoração de 50 anos do exílio de Dalai Lama, ainda respeitado como líder espiritual para muitos tibetanos, e o aniversário de um ano do conflito em Lhasa -- levaram Pequim a temer mais distúrbios.

O Tibete também celebra pela primeira vez o "Dia da Emancipação dos Servos", no dia 28 de março, que o governo do Dalai Lama no exílio diz que foi uma provocação e baseada em uma leitura distorcida da história.

Estrangeiros ainda precisam de permissões especiais, além do visto chinês, se quiserem visitar a região.

(Reportagem de Emma Graham-Harrison)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG