Exilados tibetanos protestaram nesta terça-feira na capital nepalesa, Katmandu, por ocasião do 50º aniversário de um levante contra a China no Tibete, reprimido com violência por Pequim.

Quase 150 pessoas, entre elas monges budistas e crianças, saíram às ruas aos gritos de "Libertem o Tibete", "Parem as matanças no Tibete" e "Longa vida ao Dalai Lama".

Alguns enfrentaram a polícia dentro de um mosteiro e seis tibetanos foram detidos.

dds/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.