Tibetanos planejam protestos em passagem da tocha olímpica pela Índia

Nova Délhi, 8 abr (EFE).- Dezenas de tibetanos refugiados na Índia começaram a chegar a Nova Délhi para uma manifestação durante a passagem da tocha olímpica pela cidade, no dia 17 de abril, informou hoje a agência local Ians.

EFE |

"Lançaremos um protesto contra a tocha em Délhi", disse Tenzin Tsundue, ativista tibetano da ONG "Amigos do Tibete".

A Índia conta com uma população de aproximadamente 130 mil tibetanos expatriados, por isso espera-se que milhares deles estejam presentes em Nova Délhi para protestar durante a passagem da chama olímpica, assim como ocorreu em Londres e Paris.

Já se encontram nas cercanias da cidade cerca de 200 manifestantes que saíram da capital do Governo tibetano no exílio, Dharamsala, e que chegarão nesta quinta-feira a um assentamento de refugiados na capital.

Os protestos são liderados por uma nova organização, o Comitê de Solidariedade Tibetana.

O Governo indiano assegurou às autoridades chinesas que tomará as medidas de segurança necessárias para o percurso da tocha, e aumentou a segurança na rota introduzindo barricadas de proteção e mais forças de segurança. EFE ss/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG