Tiago Camilo conquista bronze em Pequim; medalha é 3ª do Brasil na modalidade

Pequim, 12 ago (EFE).- Tiago Camilo conquistou hoje uma das medalhas de bronze da categoria meio-médio (até 81 kg) dos Jogos Olímpicos de Pequim, a terceira do judô brasileiro na competição.

EFE |

Camilo derrotou na última luta o holandês Guillaume Elmont por imobilização - depois de registrar 1 wazari contra 1 koka do rival - no Ginásio da Universidade de Ciência e Tecnologia da capital chinesa.

Em sua trajetória rumo ao bronze, além da disputa contra Elmont, Camilo derrotou na estréia o japonês Takashi Ono por um wazari e dois yukos. Depois, superou o iraniano Hamed Malek Mohammadi por ippon.

Na fase seguinte, contra o alemão Ole Bischof, foi derrotado por ippon, seguindo para a repescagem, onde estrearia com vitória sobre o americano Travis Stevens por koka.

Depois superaria o britânico Euan Burton por wazari e ganharia o direito de lutar pelo bronze com o holandês Elmont.

O brasileiro de 26 anos, campeão e eleito melhor atleta do Mundial de Judô em 2007, no Rio de Janeiro, possui ainda uma medalha olímpica de prata, conquistada em Sydney (2000) na categoria leve (até 73 kg).

Antes dos Jogos na capital chinesa, Tiago Henrique de Oliveira Camilo, nascido na cidade paulista de Tupã, dizia que encararia cada luta como uma final.

"O fato de ser um campeão mundial me deixa ainda mais visado. Mas faço questão de transformar isso numa coisa positiva para mim", afirmava na ocasião.

Esta foi a terceira medalha do judô brasileiro em Pequim. Todas as conquistas foram de bronze. Além de Tiago Camilo, foram ao pódio Leandro Guilheiro (até 73 kg) e Ketleyn Quadros (até 57 kg). EFE fr/rd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG