Redação Central, 15 ago (EFE).- Apesar de ainda não ter sua escalação confirmada para a partida de amanhã, às 7h (Brasília), contra Camarões, o zagueiro Thiago Silva disse que não há trauma e que todos estão concentrados e prontos para ganhar a medalha de ouro em Pequim.

O zagueiro, um dos dois com mais de 23 anos que integram a seleção brasileira, ressaltou que a derrota para a equipe africana nos Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000, nem sequer é comentada entre os jogadores.

"Não tem nada disso de trauma, ninguém nem comenta sobre esta partida. Já se passaram muitos anos e esta é uma nova geração. Vamos entrar em campo buscando fazer o que foi trabalhado nos treinamentos ao longo de nossa preparação e procurando repetir o que deu certo nos jogos até aqui", comentou.

Thiago Silva não quis confirmar se realmente estará em campo na partida válida pelas quartas-de-final do torneio de futebol em Pequim, "O Dunga já deve ter o time na cabeça, mas todos na seleção sabem que o grupo tem muita qualidade e qualquer jogador que está aqui está preparado para esta fase final. De minha parte, é claro que quero ser escalado na equipe titular, mas sei também que os zagueiros do elenco apresentam excelente qualidade" declarou Thiago.

EFE rd/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.