Texas se prepara para chegada do furacão Ike

Moradores do Estado americano do Texas começaram a deixar suas casas à medida em que o furacão Ike passa pelo Golfo do México. Cerca de um milhão de pessoas foi aconselhado a deixar suas casas, e as autoridades disponibilizaram mais de mil ônibus para facilitar a saída.

BBC Brasil |

Os meteorologistas avisaram que o Ike - que está atualmente classificado como uma tempestade de categoria dois na escala Saffir-Simpson, que vai até cinco e mede a intensidade desse tipo de fenômeno - pode ganhar força antes de atingir a costa do Texas na sexta-feira.

Segundo o Central Nacional de Furacões dos Estados Unidos, o furacão poderá produzir ventos de até 208 km/h no Texas.

O governador do Texas, Rick Perry, disse acreditar que algumas pessoas não aceitarão deixar suas casas, mas afirmou querer ver "ônibus, não sacos com corpos" deixando o Estado.

O presidente americano, George W. Bush, declarou estado de emergência no Texas, permitindo que verbas federais sejam liberadas para ajudar o Estado.

Quase toda a produção de energia no Golfo do México foi suspensa por precaução, mas o Departamento de Energia dos Estados Unidos disse que o Ike não deve atingir as instalações.

O furacão já matou cerca de 70 pessoas no Caribe, onde o Haiti e Cuba foram os mais atingidos.

Os Estados Unidos prometeram US$ 10 milhões em ajuda para o Haiti, onde a ONU estima que 800 mil pessoas estejam em abrigos temporários.

O governo americano também ofereceu US$ 100 mil a Cuba, mas o governo cubano recusou a ajuda, pedindo que, em vez disso, os Estados Unidos vendam os suprimentos a crédito.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG