Texas Instruments lucra US$ 662 milhões no primeiro trimestre

Nova York, 21 abr (EFE).- Texas Instruments (TI), a maior fabricante mundial de chips para telefones celulares e outros produtos eletrônicos, anunciou hoje que ganhou US$ 662 milhões no primeiro trimestre do ano, 28,3% mais que no mesmo período de 2007.

EFE |

Nos três primeiros meses do ano passado o lucro líquido da companhia foi de US$ 516 milhões.

A Texas Instruments atribuiu os bons resultados deste trimestre a sua "posição fortalecida no mercado dos semicondutores analógicos", assinalou em comunicado o presidente e executivo-chefe da TI, Rich Templeton.

"Além dos mercados tradicionais em comunicações e entretenimento, os semicondutores analógicos e os processadores de sinais digitais estão no coração da resolução dos problemas mais desafiantes do mundo em saúde, energia e segurança", declarou Templeton, que assegurou que a Texas Instruments está bem posicionada neste terreno.

O lucro por ação da TI foi de US$ 0,49 nos três primeiros meses do ano frente a uma ganho por título de US$ 0,35 no período comparado.

A companhia faturou no primeiro trimestre US$ 3,272 bilhões, 6% mais que no mesmo período de 2007 no qual seu faturamento foi de US$ 3,191 bilhões.

Os resultados da Texas Intruments foram melhores do que o previsto inicialmente pela própria companhia, que em março havia calculado que seu lucro por ação se situaria em um intervalo entre os US$ 0,41 e os US$ 0,45 e sua receita entre US$ 3,21 bilhões e os US$ 3,35 bilhões.

Os analistas esperavam um lucro por ação de US$ 0,43 e receita de US$ 3,46 bilhões.

A fabricante, com sede em Dallas (Texas), se mostrou mais cautelosa a respeito das perspectivas do segundo trimestre "dada a incerteza sobre a economia americana e mundial a curto prazo".

A Texas Instruments, cujo maior cliente é o fabricante finlandês de telefones celulares Nokia, calculou que seu lucro de abril a junho se situará entre os US$ 0,42 e os US$ 0,48 por ação e sua receita de entre US$ 3,24 bilhões e os US$ 3,5 bilhões, abaixo das previsões dos analistas de Wall Street.

A Nokia defraudou os analistas na semana passada ao considerar que no conjunto deste ano produzirá uma queda do valor em euro dos terminais em relação a 2007, devido ao esfriamento da economia mundial e à força da moeda européia em relação ao dólar.

As ações de Texas Instruments, que fecharam a sessão de hoje a US$ 30,59, perdiam nas operações eletrônicas posteriores 0,79%, até os US$ 29,80, depois que decepcionou os investidores ao diminuir suas perspectivas de lucro para o segundo trimestre. EFE bj/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG